Pesquisa analisa impactos da pandemia na vida dos porto-alegrenses

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Confira aqui o resultado completo da pequisa

A pandemia chegou na casa dos porto-alegrenses. Essa é a sensação que a pesquisa realizada entre os dias 25 e 29 de março aponta. A proximidade com casos desperta nas pessoas a vontade de aderir à campanha de vacinação, mas também gera preocupação e medo.

A preocupação com o futuro é realidade para 61% dos entrevistados; já a preocupação com a perda do emprego é apontada por 25% das pessoas; sendo que 24% da população com renda familiar até 2 salários mínimos (SM) relatou ter “muito medo de ser demitido”.

A preocupação tem sentido: 62% dos entrevistados relatou piora na situação econômica desde o início da pandemia (março de 2020). 81% daqueles que têm renda familiar de 2 SM sentiram essa piora.

SENSAÇÃO DE PROXIMIDADE
O que parecia distante das famílias, agora está muito próximo. A pandemia deixou de ser vista apenas nas notícias e nas redes sociais e passou a entrar na vida das pessoas. 68% relatou já ter tido caso de covid-19 na família. Dos que fazem parte deste grupo, 10% contou que o familiar não resistiu à doença. Essa proximidade pode ser uma das explicações para o sentimento de medo, preocupação e pessimismo, pois a maioria acredita que o número de casos e vítimas ainda vai aumentar.

Pode ser, também, a chave para entendermos as taxas de aprovação e de rejeição dos governantes (presidente, governador e prefeito).

A população porto-alegrense concorda com o pagamento de auxílio emergencial à população carente e aos pequenos e médios comerciantes e empreendedores. Acredita ser precipitada a volta às aulas presenciais e a aberturas de templos e igrejas. Se divide quanto à abertura de academias, comércio e praças e parques.

VACINA SIM
A boa notícia é a aceitação da vacina: 88% garantiram que pretendem se vacinar.

FIQUE POR DENTRO

DE TODAS AS NOVIDADES

Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades.

Você já pensou que a sua opinião pode fazer a diferença para muita gente? Nós reconhecemos a importância da opinião de cada pessoa.